Pesquisar este blog

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Resultado Preliminar da 1ª etapa do Edital nº 01/2017 SECRETARIA MUNICIPAL DA CRIANÇA E ASSISTÊNCIA SOCIAL – SEMCAS

A Prefeitura Municipal de São Luís, por intermédio da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social – SEMCAS, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas pela legislação vigente, torna público o RESULTADO PRELIMINAR DA 1ª ETAPA DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL N.º 01/2017, destinado a contratação temporária para preenchimento dos cargos de Cuidador Social e Auxiliar Operacional, após ANÁLISE CURRICULAR E DE TÍTULO.
https://googleweblight.com/?lite_url=https://www.saoluis.ma.gov.br/lista_editais.asp&ei=oUmySvEm&lc=pt-BR&s=1&m=691&host=www.google.com.br&ts=1510219694&sig=ANTY_L3TE0qztY3u1u-1wNl4GwyWZZHUkw

Seletivo em São José de Ribamar-MA

No Estado do Maranhão, a Prefeitura de São José do Ribamar, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SEMED), abrirá em breve as inscrições do Processo Seletivo que objetiva à contratação temporária de 101 novos Professores. Esta seleção terá prazo de validade de um ano, podendo ainda ser prorrogada.

Há oportunidades disponíveis para Professores Pedagogos - Anos Iniciais - 1º ao 5º Ano e Educação Infantil (76), de Arte (1), Ciências (2), Filosofia (1), Educação Física (8), Ensino Religioso (1), Geografia (2), História (2), Língua Estrangeira - Inglês (1), Língua Portuguesa (1) e também Matemática (1).

Assim, os profissionais contratados desenvolverão atividades em jornada de trabalho de 40 horas semanais e receberão remuneração mensal no valor de R$ 2.992,67. Dentro do total de chances, há aquelas exclusivas para candidatos que se enquadram nos itens especificados no edital completo disponível em nosso site.

No período das 10h do dia 9 de novembro às 18h do dia 19 do mesmo mês, os interessados poderão garantir participação exclusivamente via internet, por meio do site da empresa organizadora, cujo endereço eletrônico é o www.fsadu.org.br. A taxa de participação é cobrada no valor de R$ 75,00 a todos os candidatos.

A avaliação dos concorrentes constará de Provas Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, e de Títulos, de caráter classificatório. A aplicação das Provas Objetivas está prevista para o dia 10 de dezembro de 2017, enquanto a documentação para a Prova de Títulos deverá ser entregue nos dias 4 a 5 de janeiro de 2018.

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Concurso PROCON Ma

A Secretaria de Estado da Gestão e Previdência do Maranhão (SEGEP), com o apoio da Fundação Carlos Chagas, faz saber que será realizado concurso público n.º 01/2017, para provimento de cargos do Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON). São ofertadas 10 vagas para Fiscal de Defesa do Consumidor, que requer nível superior em qualquer área e oferece remuneração de R$ 3.890,00.

Em cumprimento à legislação será reservado o percentual de, no mínimo, 5% das vagas existentes, que vierem a surgir ou que forem criadas no prazo de validade do concurso para os candidatos com deficiência. Já aos candidatos negros terão direito a cota de no mínimo 20% das vagas.

Para inscrever-se, o candidato deverá acessar o site www.concursosfcc.com.br, de 18 de setembro a dia 16 de outubro de 2017 e pagar uma taxa de inscrição no valor de R$ 150,00.

Este concurso será composto de provas escritas objetivas e subjetiva, com previsão de aplicação para o dia 19 de novembro de 2017, no período da manhã.

Os conteúdos cobrados serão: Noções de Administração, Noções de Economia, Direito Administrativo, Direito Empresarial, Direito Constitucional, Direito Civil, Direito do Consumidor e Legislação Especial. A partir das 17 horas do dia 21 de novembro será divulgado o gabarito no site da Fundação Carlos Chagas.

Os candidatos habilitados serão nomeados a critério da Administração, conforme o número de vagas oferecidas e seguindo rigorosamente a ordem de classificação final. O concurso será válido pelo prazo de dois anos, a contar da data da publicação de sua homologação, podendo ser prorrogado por igual período, uma única vez.

terça-feira, 12 de setembro de 2017

SEMED Processo Seletivo Simplificado Interno para Professor Formador Local Bolsista do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade

A Secretaria Municipal de Educação – SEMED, através da Coordenação Municipal do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa – PNAIC, instituído pelo Governo Federal, por meio da Lei nº 11.273/2006 de 06 de fevereiro de 2006 e da Portaria nº 826 de 07 de julho de 2017 do Ministério da Educação, e implementado pelo Município de São Luís/MA, faz saber aos interessados que realizará Processo Seletivo Simplificado Interno para Profissionais  da Educação que  atuarão  como Bolsistas do Governo Federal, pelo Sistema Geral de Bolsas (SGB) mantido pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), na função de Professor Formador Local do Curso de Formação Continuada de Professores do Programa Nacional de Alfabetização na Idade Certa.

1.    DO OBJETIVO

Selecionar candidatos em regime de bolsa temporária, mantida pelo Governo Federal, para atuarem como Professor Formador Local, no período de 2017 a 2018, de acordo com orientações estabelecidas pelo MEC, podendo esse período ser alterado, conforme necessidade das Coordenações Nacional ou Municipal.

2.  DOS REQUISITOS MÍNIMOS PARA A FUNÇÃO DE PROFESSOR FORMADOR LOCAL

2.1  São requisitos básicos para a inscrição:

2.1.1     Ser da rede pública de ensino que promove a seleção;

2.1.2   ter participado de programas de formação continuada de professores nos últimos 3 (três) anos ou ser coordenador pedagógico, professor da pré-escola ou do ciclo alfabetização com resultados reconhecidos na escola e na rede de ensino onde atua;

2.1.3     ter disponibilidade para dedicar-se ao curso e à multiplicação junto aos coordenadores pedagógicos, professores e articuladores da escola do Programa Novo Mais Educação (PNME).

 É vedada a participação dos servidores ocupantes de funções de confiança ou cargos em comissão com atribuições de direção no âmbito dos Sistemas de Ensino (Lei nº 11.1273/2006 e Portaria nº 826/2017 do Ministério da Educação);

3        DA INSCRIÇÃO

3.1. A inscrição do candidato implicará no conhecimento e na aceitação irrestrita das instruções contidas na Portaria nº 826/2017 do MEC, no Documento Orientador do PNAIC 2017 emitido pelo MEC, e das condições do Processo Seletivo Simplificado Interno, tais como se acham estabelecidas neste Edital.

 3.1.1.As inscrições devem ser realizadasexclusivamente na Coordenação do PNAIC, no Setor do Núcleo de Alfabetização – NALF/SAEF, no seguinte endereço: U.I. Sagarana I, Rua Dom Delgado S/N - Caratatiua, no período de 06, 11 e 12 de setembro de 2017, no horário das 8h às 12h e de 14h as 18h.

3.1  .2 Os candidatos que prestarem qualquer declaração falsa ou inexata no ato de inscrição, ou caso não possam satisfazer a todas as condições enumeradas neste Edital, terão a inscrição cancelada e anulado todos os atos dela decorrentes, mesmo classificados;

3.1.3     As inscrições serão gratuitas;

3.1.4    Não poderão se inscrever candidatos que estejam recebendo bolsas de estudo ou pesquisa de outros Programas Federais;

3.1.5    O descumprimento de qualquer uma das instruções para inscrição implicará no seu cancelamento;

3.1.6    Os profissionais que já atuaram no PNAIC e foram excluídos ou tiveram ocorrências no Programa por motivos de ausência, descumprimento de suas atribuições ou cumprimento não satisfatório, está impossibilitado de participar deste Processo Seletivo Simplificado.

Fonte:Site da Prefeitura Municipal de São Luís Maranhão.

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Tribunal Regional Federal da 1ª Região abre várias vagas para Analistas e Técnicos Judiciários do quadro de pessoal da Justiça Federal de 1º e 2º graus.

Foi divulgado o edital do concurso público do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, que compreende estados do Pará, Minas Gerais, Roraima, Mato Grosso, Goiás, Amapá, Amazonas, Tocantins, Rondônia, Acre, Bahia, Maranhão e Piauí, além do Distrito Federal. O concurso será coordenado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe).

De acordo com o edital, a iniciativa se destina ao provimento de cargos e formação de cadastro de reserva nos cargos de Analista Judiciário e Técnico Judiciário do quadro de pessoal da Justiça Federal de 1º e 2º graus, com oferta de 20 vagas e remuneração de R$ 6.376,41 e R$ 10.461,90, ambos com carga horária de 40 horas semanais.

Para candidatos de nível superior, as vagas são para Analista Judiciário nas áreas Administrativa, Judiciária, Informática, Taquigrafia e Oficial de Justiça Avaliador Federal. Já para os que possuem ensino médio completo as vagas são de Técnico Judiciário, que envolve as áreas Administrativa, Taquigrafia e Segurança e Transporte.
Será admitida a inscrição somente via internet, na página oficial do Cebraspe (http://www.cespe.unb.br/concursos/trf1_17_servidor), solicitada no período entre 13 de setembro e 03 de outubro de 2017. A taxa para o cargo de Analista Judiciário é de R$ 86,00 e para Técnico Judiciário, custa R$ 75,00.

Provas TRF 1

Como formas de seleção dos candidatos, serão realizadas provas objetivas (todos), prova discursiva, prova prática de acompanhamento taquigráfico e prova de aptidão física (conforme o cargo disputado). Todas essas etapas, além do procedimento de verificação da condição declarada para concorrer às vagas reservadas aos candidatos negros e a perícia médica dos candidatos que se declararam com deficiência, serão realizadas nas cidades de Belém, Belo Horizonte, Boa Vista, Brasília, Cuiabá, Goiânia, Macapá, Manaus, Palmas, Porto Velho, Rio Branco, Salvador, São Luís e Teresina.

As provas objetivas e a prova discursiva para todos os cargos serão aplicadas na data provável de 26 de novembro de 2017, em turnos e com durações diferenciadas. Os gabaritos oficiais preliminares serão divulgados dois dias após a aplicação.

O prazo de validade do concurso será de dois anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

Edital foi divulgado no Diário Oficial da União (https://goo.gl/rJsrik) e todas as atualizações devem ser obrigatoriamente conferidas na página oficial do Cebraspe. 

terça-feira, 5 de setembro de 2017

ENADE 2017 Questionário do estudante está disponível para preenchimento

A partir desta segunda-feira, 4, os inscritos no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2017 já podem preencher o questionário do estudante no portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O documento faz um levantamento do perfil socioeconômico e acadêmico dos participantes do Enade, avaliando diversos aspectos sobre o curso de formação.

O questionário deve ser preenchido até as 23h59 de 26 de novembro, data de aplicação do Enade. Ao contrário do que ocorria em edições anteriores, não será possível responder ao questionário depois da aplicação.

Fazem parte do exame a prova para avaliação individual de desempenho e o questionário do estudante. Dessa forma, o estudante que não o preencher será considerado irregular no Enade. Para responder, é preciso que o participante já tenha realizado seu cadastro no portal do Inep e recebido a senha com a qual fará todo acompanhamento de sua inscrição, a consulta do seu local de prova e a conferência de seu resultado individual.

O cadastro dos estudantes é uma das novidades do Enade 2017. Embora as inscrições sejam realizadas pelos coordenadores dos cursos, a partir desta edição é de responsabilidade do participante preencher algumas informações pessoais e solicitar, caso necessário, atendimento especializado ou específico. Os participantes que desejarem atendimento pelo nome social têm prazo de 11 a 15 de setembro para fazer a solicitação.

Enade – O Enade é componente curricular obrigatório dos cursos de graduação. No histórico escolar do estudante ficará registrada a situação de regularidade em relação à obrigação de participação. Nesta edição, o exame vai avaliar os estudantes dos cursos que conferem diploma de bacharel nas áreas de: arquitetura e urbanismo, engenharia ambiental, engenharia civil, engenharia de alimentos, engenharia de computação, engenharia de controle e automação, engenharia de produção, engenharia elétrica, engenharia florestal, engenharia mecânica, engenharia química, engenharia e sistemas de informação; dos cursos que conferem diploma de bacharel e licenciatura nas áreas de ciência da computação, ciências biológicas, ciências sociais, filosofia, física, geografia, história, letras-português, matemática e química; dos cursos que conferem diploma de licenciatura nas áreas de artes.

Acesse o Sistema Enade

Confira o edital

Comunidade encontra no IFMA espaço para capacitação e resolução de problemas locais

Moradores de São Raimundo do Gapara, na zona rural de São Luís, Maranhão, estão comemorando a instalação de uma rede de distribuição de água construída a partir do que aprenderam em sala de aula. A benfeitoria é resultado de um trabalho desenvolvido dentro do campus do Instituto Federal do Maranhão (IFMA). Por meio de um programa de formação inicial continuada, a instituição oferece cursos, que vão da área de desenho mecânico até instalação hidráulica industrial.

A iniciativa vem aproximando cada vez mais o instituto das comunidades próximas ao campus, trazendo impactos positivos tanto para os moradores dessas regiões quanto para os alunos que frequentam a instituição. Intitulado de Oficina Comunitária, o projeto surgiu da reunião de professores que se dedicavam a projetos de extensão, nas diferentes áreas, e que entenderam ser esse um meio de contato direto com a realidade de moradores da região, que também conta com campis do instituto.

 “Um caminho muito eficiente é a extensão, porque o professor, juntamente com os alunos, a partir de um desenvolvimento científico e do resultado de uma pesquisa científica, pode transformar isso em benefício para a comunidade. E o resultado que a gente teve aqui foi sensacional e dá certo”, pontua o professor André Silva, engenheiro mecânico do IFMA. Para o profissional, além de acompanhar questões coletivas e auxiliar em demandas pontuais, os cursos também buscam incentivar a continuidade para que busque mais formação e conhecimento.

Um exemplo do que define André é a rede de distribuição de água encanada construída para os moradores de São Raimundo do Gapara. Com pouco mais de 80 habitantes, a região não tinha o mínimo de infraestrutura e a população era obrigada a carregar baldes e latas, percorrendo grandes distâncias para buscar água em poços e cisternas, como conta a moradora Nanubia Santos, de 30 anos, mãe de três filhos. Ela foi uma das participantes do curso de extensão que auxiliou os moradores na implantação da rede local. “A gente sofria bastante. Aqui era só um poço artesiano que já tinha na comunidade, mas abastecia somente três casas. Com isso, quando precisávamos lavar roupa, por exemplo, tínhamos que ir buscar com algum vizinho. Água para beber era só comprada”, lembra. “Hoje é diferente. Agora que temos água na nossa casa, a situação ficou melhor”, comemora.

Ao todo, 25 moradores participaram do curso de Formação Inicial Continuada na área de Projetista Mecânico e de Instalador Hidráulico Residencial, com 120 horas de aulas e direito a certificação. “Nós percebemos que, após a nossa entrada na comunidade, muitos moradores já começaram a se organizar para pedir melhoria para a comunidade, já se inscreveram em outros cursos na região”, relata André Silva. “Houve uma melhora significativa dessa comunidade apenas com esse pequeno gesto de canalizar uma água para a comunidade”.

Realização – Nanubia fala com orgulho do conhecimento que recebeu e da satisfação de ajudar sua comunidade. “Quando eu cheguei no IFMA, eu não sabia nada. Lá, eu aprendi a ler as plantas, a desenhar. Nós participamos da escavação, colamos canos, fizemos a estrutura da caixa, tudo conforme a professora nos ensinou no curso. Serviu até para minha vida mesmo em casa, porque, com o curso, eu fiz a instalação de várias coisas na minha casa. Agora eu não sou só uma dona de casa, tenho curso de instalador hidráulico”.

A moradora de São Raimundo se diz realizada e já faz planos para o futuro. “Eu me sinto feliz, agradecida, porque a gente não tinha água na nossa casa e hoje eu lavo louça na minha pia, porque eu mesma fiz a encanação; meus filhos tomam banho no chuveiro. Agora eu posso pensar até em ter uma profissão. Eu quero me profissionalizar mais, porque desse curso tem outro mais avançado”, conta.

O programa Oficina Comunitária ainda trabalha na implantação de água encanada em todas as casas de São Raimundo do Gapara. As obras serão finalizadas em setembro. Para saber mais sobre as ações do programa, acesse o portal do IFMA.     

Resultado do Enade é antecipado e revela que instituições federais superaram as particulares

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou, nesta sexta-feira, 1º de setembro, em coletiva de imprensa, os resultados do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2016. O exame é realizado para aferir o desempenho dos estudantes em relação a conhecimentos, competências e habilidades desenvolvidas ao longo do curso de graduação. No total, 195.757 inscritos fizeram a prova e 4,3 mil cursos foram avaliados.

Segundo a presidente do Inep, Maria Inês Fini, a instituição fez melhorias na forma de divulgação dos dados referentes a 2016 e, pela primeira vez, antecipou o resultado – que anteriormente só era tornado público após a realização do exame. “Mesmo sendo o maior Enade já realizado, tanto em número de cursos quanto de participantes, estamos divulgando os resultados antes do prazo previsto, o que demonstra a responsabilidade e o profissionalismo das equipes de logística e pedagogia do nosso órgão”, afirmou Maria Inês Fini.

Para Maria Inês, o desempenho dos estudantes precisa melhorar. A maior parte dos inscritos alcançou resultado mediano nos conceitos avaliados no exame. “Em relação ao conceito do exame, a maioria está em torno do conceito médio, regular. Isso é um indicador de que precisamos de um empenho e de um esforço muito maior para prover educação de qualidade”, finalizou.Ainda sobre os dados revelados, os indicadores de qualidade da educação superior demonstraram que o desempenho das universidades federais foi melhor que o da rede privada, numa escala crescente de 1 a 5. As federais tiveram 43% das instituições com conceito 4 e 16% com o conceito 5. Enquanto isso, nas particulares, os percentuais foram, respectivamente de 19% e 3%.  

Na ocasião, também foram anunciados outros dois indicadores: o conceito Enade e o indicador de diferença entre os desempenhos observado e esperado (IDD). São informações detalhadas a respeito da composição das provas, do desempenho e do perfil dos estudantes, da distribuição dos cursos no país, além de uma visão sobre o desempenho das instituições brasileiras no Enade.

Para o secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior do Ministério da Educação, Henrique Sartori, os indicadores possibilitam que o MEC aplique as questões regulatórias, de acompanhamento e avaliação dos cursos e instituições que devem prezar por uma educação de qualidade em todo o país. “Se a nota é alta, consequentemente, o conceito vai crescer. Se a nota é baixa, ou há uma queda nesse desempenho, possivelmente você poderá ser atingido. E ao passo que isso ocorra, a Seres toma cuidado, chama a instituição para um ajuste e começa a aplicar medidas de supervisão, de for o caso”, explicou Sartori.

A partir de novembro, o Governo Federal deve divulgar outros dois índices que tomam a prova do Enade como base, que são o conceito preliminar do curso (CPC) e índice geral de cursos (IGC). Eles ainda estão em processamento e vão incluir, além do desempenho dos alunos, questões como corpo docente, infraestrutura, recursos didático-pedagógicos e ainda a avaliação dos cursos de pós-graduação de cada instituição junto à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).Foram avaliados os concluintes de cursos das áreas de agronomia, biomedicina, educação física, enfermagem, farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, medicina, medicina veterinária, nutrição, odontologia, serviço social e zootecnia. No grau de tecnólogo, o exame foi destinado a concluintes de agronegócio, estética e cosmética, gestão ambiental, gestão hospitalar e radiologia.

A prova é composta por 40 questões, divididas em duas partes: formação geral (FG) e componente específico (CE). A primeira tem 10 questões, sendo oito de múltipla escolha e duas discursivas, que contempla temas como sociodiversidade, biodiversidade, globalização, cidadania e problemas contemporâneos. Essas perguntas equivalem a 25% da nota do exame. A segunda visa aferir as competências, habilidades e o domínio de conhecimentos necessários para o exercício da profissão e é composta por 30 questões, sendo 27 de múltipla escolha e três discursivas, o que equivale a 75% da nota.

Exame – O Enade, realizado pelo Inep, é um dos componentes curriculares obrigatórios dos cursos de graduação. Fazem parte do Enade a prova para avaliação individual de desempenho e o questionário do estudante. Devem ser inscritos os estudantes de graduação ingressantes e concluintes dos cursos avaliados na edição, bem como estudantes irregulares. No histórico escolar, ficará registrada a situação de regularidade em relação à obrigação de participação do Enade.

Números – Nessa edição, o total de estudantes concluintes regulares e que foram inscritos totalizou 216.064, sendo que 195.757 realizaram a prova. O Enade foi aplicado em todas as unidades da Federação, distribuído em 942 municípios, com 1.009 locais de prova e 7.388 de salas. No total, foram avaliados 4.300 cursos, com 997 instituições de ensino superior e as áreas de avaliação somaram 18.

Perfil – O questionário do estudante é um dos instrumentos de coleta de informações do Enade, de caráter obrigatório, que tem por objetivo subsidiar a construção do perfil socioeconômico do estudante e obter a percepção quanto ao seu processo formativo. Com base no exame realizado no ano passado, entre os estudantes concluintes regulares 46,9% são jovens de até 25 anos e 54,6% vivem com os pais.

Em relação às características predominantes: 51,7% são da cor branca e 36,1% são pardos; 74,4% são solteiros; 47,6% têm renda familiar mensal de 1,5 a 4,5 salários mínimos. Em relação ao mercado de trabalho: 54,4% não estão trabalhando e 42,8% dedicam de uma a três horas de estudos por semana. Em relação à bolsa de estudos e financiamentos, 36,5% do total receberam financiamento do Programa Universidade para Todos (ProUni) ou Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Dos estudantes que receberam financiamento do ProUni ou Fies: 62,6% têm renda familiar de até três salários mínimos; 61,5% são os primeiros da família com acesso à educação superior e 29,6% ingressaram por meio de políticas afirmativas.

O resultado completo do Enade 2016 está disponível na página eletrônica do Inep.

Fonte:MEC

Programa Ensinar UEMA

Previsão de início das aulas dia 16 de Setembro de 2017

Concurso com 260 vagas na UFBA

A Universidade Federal da Bahia (UFBA) está recebendo as inscrições referentes ao concurso público regido pelo edital nº 2/2016, para mais de 260 vagas na carreira de Técnico-Administrativo em Educação. Os candidatos podem garantir a participação por meio do site do Instituto AOCP até 14 de setembro de 2017, pagando-se taxa de R$ 60,00 a R$ 100,00.

Em novo comunicado, a instituição informou que as provas tiveram a data de aplicação alterada para o dia 29 de outubro de 2017, nas cidades de Salvador e de Vitória da Conquista, por conta da realização do ENCCEJA e da Maratona de Salvador.

As chances são para cargos de níveis fundamental, médio/técnico e superior, devendo os selecionados serem lotados nas unidades universitárias de Salvador e de Vitória da Conquista. O valor da remuneração inicial varia de R$ 1.945,07 a R$ 8.361,32. Para participar do concurso, os candidatos deverão pagar uma taxa entre R$ 60,00 e R$ 100,00 , conforme o cargo pretendido.

Cargos

O edital prevê a contratação de Assistente em Administração, Bibliotecário/Documentalista, Contador, Engenheiro Agrônomo, Engenheiro Sanitarista e Ambiental, Fonoaudiólogo, Jornalista, Médico Veterinário, Médico (várias especialidades), Museólogo, Músico (diferentes instrumentos), Pedagogo, Produtor Cultural, Psicólogo, Restaurador, Terapeuta Ocupacional, Técnico em Contabilidade, Técnico em Laboratório/Análises Clínicas, Engenheiro de Segurança do Trabalho, Técnico em Segurança do Trabalho, Técnico de Tecnologia da Informação, Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais - Libras, Assistente de Laboratório, Auxiliar de Enfermagem, Auxiliar em Administração, Contramestre e outros cargos incluídos nas retificações. 

Provas

Conforme a última retificação (nº 12), o concurso constará de provas escritas para todos os cargos, exceto para os cargos de Músico/Clarineta, Músico/Contrabaixo, Músico/Fagote, Músico/Mezzo Soprano ou Contralto, Músico/Percussão, Músico/Pianista Co-repetidor, Músico/Trompa, Músico/Viola, Músico/Violino, Músico/Violoncello, bem como de prova oral/prática, em segunda fase, para os cargos de Biólogo/Microbiologia, Cenotécnico, Médico Veterinário/Área de Alimentos, Médico Veterinário/Clínica Médica Veterinária de Animais Selvagens, Silvestres e Exóticos, Médico Veterinário/Diagnóstico por Imagem, Restaurador, Técnico de Laboratório/Análises Clínicas (para área de Medicina Veterinária), Técnico de Laboratório/Marcenaria, Técnico em Anatomia e Necropsia/Veterinária, Técnico em Radiologia, Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais - Libras.

Para os cargos Biólogo/Microbiologia, Cenotécnico, Médico Veterinário/Área de Alimentos, Médico Veterinário/Clínica Médica Veterinária de Animais Selvagens, Silvestres e Exóticos, Médico veterinário/Diagnóstico por Imagem, Restaurador, Técnico de Laboratório/Análises Clínicas (para área de Medicina Veterinária), Técnico de Laboratório/Marcenaria, Técnico em Anatomia e Necropsia/Veterinária, Técnico em Radiologia, Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais - Libras, além da prova escrita será realizada uma prova oral/ prática.

Os cargos de Músico/Clarineta, Músico/Contrabaixo, Músico/Fagote, Músico/Mezzo Soprano ou Contralto, Músico/Percussão, Músico/Pianista Co-repetidor, Músico/Trompa, Músico/Viola, Músico/Violino, Músico/Violoncello, não realizarão prova escrita.

O prazo de validade do concurso é de um ano, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Universidade. Os candidatos devem obrigatoriamente acompanhar todo o concurso, acessando frequentemente as páginas da UFBA e do Instituto AOCP.


Concurso UFMA

A Universidade Federal do Maranhão (UFMA) anunciou a realização do novo concurso público regido pelo edital nº 01/2017, para provimento de cargos técnico-administrativos em educação. As inscrições podem ser feitas de 14 de agosto a 08 de setembro de 2017.

Há 40 oportunidades para candidatos de todos os principais níveis de ensino, que possam ocupar os cargos/áreas de Assistente de Laboratório, Auxiliar em Administração, Assistente em Administração, Técnico de Laboratório – Área: Química, Técnico em Higiene Dental, Engenheiro – Área: Alimentos e Técnico em Assuntos Educacionais.O vencimento básico inicial dos cargos de nível de classificação “C” será de R$ 1.945,07; dos cargos de nível de classificação “D” será de R$ 2.446,96; dos cargos de nível “E” será de R$ 4.180,66. A esses valores poderão ser acrescidos de vantagens, benefícios e adicionais.

A inscrição pode ser feita somente via internet, no site de concursos da UFMA (www.concursos.ufma.br), lembrando que será disponibilizado posto de inscrição com computadores, no mesmo período informado, em horário comercial, no Núcleo de Eventos e Concursos, Cidade Universitária do Bacanga, em São Luís.

As taxas de inscrição são as seguintes: cargos de nível de classificação “C” – R$ 45,00; cargos de nível de classificação “D” - R$ 60,00; cargos de nível de classificação “E” - R$ 100,00.

O concurso constará de provas objetivas, eliminatórias e classificatórias, que serão realizadas na data provável de 29 de outubro de 2017, no horário das 9 horas às 13 horas, exclusivamente em São Luís. A relação dos candidatos (listas geral e especial) por local e sala de aplicação das provas estará disponível no site da UFMA e nos outros locais públicos descritos no edital.

A lotação dos candidatos aprovados e nomeados dar-se-á em uma das unidades/órgãos da UFMA, a saber: São Luís, Imperatriz, Chapadinha, Codó, Bacabal, Pinheiro, Grajaú, São Bernardo e Balsas.

O prazo de validade do concurso será de dois anos, contados a partir da publicação da homologação dos resultados, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Universidade.

Edital e atualizações devem ser conferidos: www.concursos.ufma.br


Concurso em Santa Catarina área da educação

Em Santa Catarina, a Secretaria de Estado da Educação (SED - SC) abriu novos concursos públicos, regidos pelos editais n.º 2271 e 2272/2017/SED, para contratação de novos servidores da Educação. De acordo com assessoria da pasta, são oferecidas quase mil vagas para profissionais da Educação, distribuídas entre os cargos de Professor efetivo, Assistente de Educação, Assistente Técnico-Pedagógico, Supervisor Escolar, Administrador Escolar e Orientador Educacional.Para docentes, as disciplinas/áreas com demanda de candidatos são: Anos iniciais, Artes, Arte Indígena/Arte Kaingang, Ciências, Cultura Indígena, Biologia, Educação Física, Espanhol, Filosofia, Física, Geografia, História, Inglês, Língua Portuguesa e Literatura, Língua Materna, Língua Kaingang, Matemática, Química e Sociologia.

Os contratados irão receber vencimentos que variam de R$ 644,25 a R$ 2.577,02 para jornadas entre 10 e 40 horas semanais. Os editais prevêm reserva de vagas para candidatos com deficiência, desde que as atribuições do cargo pretendido sejam compatíveis.

Inscrição

Para efetuar a inscrição pela internet, o candidato ou seu representante legal deverá acessar o site do Sistema ACAFE (http://acafe.org.br/concurso/magisterio/2017/inscricao/Login) até o dia 12 de setembro de 2017, preencher o requerimento de inscrição e imprimir o boleto bancário para pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 100,00.

Provas e títulos

Este concurso será dividido em duas fases: provas objetivas versando sobre os conteúdos relacionados no edital, e prova de títulos, para apresentação de certificados ou diploma de cursos de pós-graduação, em nível de Doutorado, Mestrado ou Especialização.

A prova objetiva será realizada na data provável de 8 de outubro de 2017, nas seguintes localidades: Joinville, Brusque, Chapecó, Grande Florianópolis, Rio do Sul, Xanxerê, Araranguá, Blumenau, Caçador, Canoinhas, Concórdia, Criciúma, Curitibanos, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joaçaba, Lages, Mafra, Porto União, São Lourenço do Oeste, São Miguel do Oeste, Tubarão e Videira.

Serão divulgados os gabaritos preliminares no dia seguinte ao da aplicação, a partir das 10 horas. Para participar da prova de títulos o candidato aprovado e classificado na prova objetiva deverá:

- Utilizar o sistema eletrônico de cadastro de títulos, por meio de consulta individual (CPF e senha cadastrados no requerimento de inscrição) pelo sítio da ACAFE, seguindo as orientações da página e o prazo estabelecido, e efetuar o cadastro do título;

- Enviar por Sedex ou entregar na ACAFE, (data do protocolo ou carimbo dos correios), na Associação Catarinense das Fundações Educacionais - ACAFE, situada à Rua Presidente Coutinho, 311 – Centro Comercial Saint James, 1º andar – Bloco A – Bairro Centro – Florianópolis – SC – CEP 88.015-230 com atendimento nos dias e horários estabelecidos no edital, envelope lacrado e identificado, contendo o título cadastrado na alínea anterior, juntamente com cópia do formulário gerado via internet.

Validade

O prazo de validade do concurso público será de dois anos, a contar da data da homologação do resultado final, publicada no Diário Oficial do Estado de Santa Catarina, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Secretaria de Estado da Educação.